Bolsas de estudo

O projeto Bolsa de estudo do Ceres, visa diminuir as diferenças.  Através de bolsas parciais e integrais, conseguimos democratizar o conhecimento em cerveja. As bolsas são para nossos cursos na modalidade EAD e presencial. As bolsas serão oferecidas para autodeclarantes pretos e pardos, indígenas, PCD (pessoas com deficiência).

Os critérios são:

– Classe econômico-social com comprovação da renda familiar de até 3 salários mínimos

– Autodeclaração de identidade étnico-racial

– Entrega dos documentos de comprovação de renda*, CPF, RG, comprovante de residência

– Ser maior de 18 anos

O formulário de inscrição deve ser preenchido (abaixo) e a documentação enviada para nosso email: [email protected]

As pessoas pré-selecionadas passarão por entrevista.

O critério de desempate é a situação de vulnerabilidade econômica.

 

DISPONIBILIDADE DE BOLSAS

A disponibilidade de Bolsas estará nesta seção.

BOLSA DE ESTUDO! Estamos com duas bolsas parciais (50%) para o curso de Sommelier 2021 em Recife.

Basta se inscrever até dia 15/01/2021 (com limite de 20 inscrições) e o resultado será divulgado até dia 20/01. 

* Comprovação de renda:
Se assalariado:
• Três últimos contracheques (se renda não variável) ou seis últimos contracheques (se renda variável).
• Se empregado doméstico: carteira de trabalho ATUALIZADA e carnê do INSS com recolhimento em dia.

Se trabalhador autônomo ou profissional liberal:
• Declaração de IRPF acompanhada do recibo de entrega à Receita Federal do Brasil.
• Guias de recolhimento ao INSS dos três últimos meses, compatíveis com a renda declarada.
• Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos.

Se sócio ou dirigente de empresas:
• Pró-labore referente aos três últimos meses (se renda fixa) ou seis últimos meses (se renda variável).
• Contrato social e Declaração de Imposto de Renda Pessoa Jurídica – DIRPJ.
• Extratos bancários dos últimos três meses, pelo menos, da pessoa física e das pessoas jurídicas vinculadas (desde que demonstrem claramente os rendimentos auferidos.

Se aposentado, pensionista ou beneficiário de auxílio doença:
• DETALHAMENTO DE CRÉDITO de aposentadoria ou pensão fornecido pelo Órgão competente, referente aos três últimos meses, pelo menos.
Observação: Extratos bancários de recebimento de aposentadoria ou pensão não serão aceitos, pois não detalham os valores brutos, descontos e valores líquidos.
• Comprovante de recebimento de pensão alimentícia (se for o caso), referente aos três últimos meses (se não variável) ou seis últimos meses (se variável).

Se rendimentos provenientes de aluguéis ou arrendamento de bens móveis e imóveis:
• Contrato de locação ou arrendamento devidamente registrado em cartório, acompanhado dos três últimos comprovantes de recebimento.